Plataforma facilita acesso e entendimento de ações judiciais no Nordeste do Brasil

Jus Brasil


De acordo com dados do levantamento Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os Tribunais de Justiça do Nordeste contabilizaram mais de 13 milhões de processos tramitados em 2017. São mais de 4 mil ações julgadas por juiz. Na média nacional, o tempo de espera para uma solução é de 4 anos e 4 meses. Um período de ansiedade, marcado pela burocracia, mas que a tecnologia tem ajudado a aplacar.
As LawTechs, empresas de tecnologia jurídica, chegaram para mudar a relação de cidadãos e empresas com o sistema jurídico brasileiro por meio de ferramentas digitais que complementam o trabalho dos profissionais advogados. A TIKAL TECH, empresa especializada nesse setor, é um exemplo com o SEUPROCESSO, sistema que permite, com poucos cliques, a identificação, organização e acompanhamento de ações e já tem mais de 300 mil usuários em todo o Brasil.
região Nordeste tem 13.059.733 processos cadastrados apenas nos Tribunais de Justiça, sendo que 9.742.732 estão pendentes. Só no ano passado foram protocoladas 3.317.001 novas ações. Bahia é o estado que lidera, com 10 mil processos em 2017 e 28 mil ainda pendentes. 

Nesse cenário, o SEUPROCESSO já atende cerca de mil cidadãos e pequenas empresas da região com informações atualizadas sobre a tramitação de seus casos. "Existe sempre uma ansiedade muito grande das partes por notícias. 

Pensamos em um sistema que ajudasse os advogados a manter seus clientes atualizados. E que estes clientes, por sua vez, tivessem maior controle das informações. Uma automação que traz uma economia importante de tempo e energia para os dois lados", comenta Derek Oedenkoven, CEO da TIKAL TECH.
A dinâmica da ferramenta é muito simples. O usuário não precisa ter o número do processo. O próprio sistema ajuda a encontrar o caso através de um chatbot que usa o Messenger do Facebook para direcionar a busca.

Para isso, basta apenas digitar o nome de alguma das partes envolvida na ação. Identificado o processo, todos os documentos relacionados ficam organizados em um histórico. A cada atualização, o usuário é imediatamente avisado por e-mail.
E para a grande maioria que não entende o chamado "juridiquês", o botão "pergunte ao advogado" abre um canal onde um profissional responde às dúvidas sobre as publicações. "Esse é um recurso importante não só por traduzir os termos técnicos, mas por possibilitar tomadas de decisão mais rápidas ou o adiantamento de informações, influenciando, obviamente, na celeridade do processo", completa Derek.
Outro ponto de destaque é a possibilidade de o interessado solicitar uma cópia integral dos autos. "Cada processo tem um fluxo, mas o volume de documentos é sempre grande. Ter acesso e guardá-lo faz todo sentido e toda diferença, principalmente quando há muitas partes envolvidas", finaliza o CEO.