Iphone XR vem fazendo que usuários Android migrem para o sistema da maça.

Olhar Digital

As vendas do iPhone XR andam cercadas de polêmicas e questionamento desde o lançamento do smartphone. No entanto, um relatório da Consumer Intelligence Reasearch Partners (CIRP) indicou que o modelo mais barato da Apple não só é o mais popular do trio lançado esse ano como também estaria desempenhado outra função estratégica para a Apple: roubando usuários do Android.
De acordo com a publicação do BGR, o instituto de pesquisa revelou que o iPhone XR sozinho corresponderia a 32% das vendas de todos os telefones da Apple em novembro. Enquanto isso, os novos iPhone XS e XS Max teriam, combinados, uma parcela de 35% do total de vendas no mesmo período. As informações confirmam a fala da fabricante de que o iPhone XR seria o modelo mais popular da marca desde o dia do seu lançamento.
O estudo também trouxe outra boa notícia para a Apple: 16% dos novos compradores de iPhones estavam vindo de aparelhos Android. O número é maior do que a taxa de conversão de consumidores em 2017, quando “apenas” 11% dos novos donos de iPhones vinham de aparelhos com o sistema do Google. A empresa de pesquisa acredita que esses consumidores tenham sido atraídos pelo valor “mais em conta” do telefone.
Por fim, apesar das boas notícias, o relatório divulgado não toca em número de unidades vendidas, mas apenas na participação de cada modelo na fatia total obtida pela Apple. Ou seja, apesar da popularidade do iPhone XR, é possível que a fabricante esteja vendendo menos modelos do que o ano anterior. A companhia, inclusive, anunciou durante o relatório do último trimestre que deixaria de publicar o número de unidades de iPhone vendidas.