ECONOMIA: iFood compra a concorrente Pedidos Já!

Folha de São Paulo ·
Agosto 2, 2018



O iFood anunciou nesta quinta-feira (2) a compra da operação brasileira da empresa uruguaia PedidosJá, com a qual concorria no mercado de delivery a partir da internet.
Em nota, a companhia afirma que a operação amplia sua base de restaurantes e clientes e fortalece sua liderança de mercado.
Alex Anton, diretor responsável pelas operações de aquisições, disse no comunicado que a companhia está muito otimista com a operação.
"A Pedidos Já é uma marca muito querida. Quando falamos em pedidos online, a companhia foi pioneira em educar o brasileiro e conta com uma base de cerca de 15 mil restaurantes pelo Brasil."
O iFood não informa quantos são seus parceiros.
Como parte da negociação, o iFood vendeu a participação de sua marca na Argentina para a Pedidos Já. Além de estar presente no Brasil, a uruguaia atua em outros seis países da América Latina.

Desde 2014, a Pedidos Já era controlada pela alemã Delivery Hero, empresa listada na Bolsa de Frankfurt que oferece serviços de entrega online em mais de 40 países.
A união das empresas acirra a concorrência entre o iFood e o Uber Eats, que tem como principal característica o uso de entregadores autônomos para levar os pedidos, a partir do conceito já adotado pela americana no serviço de transporte de passageiros.
O iFood, fundado em 2011, tem sua história de crescimento marcada por seguidas fusões e aquisições.
As principais companhias com as quais a startup se uniu são o Restaurante Web, em 2014, e o Hello Food, em 2016.
Nesta semana, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou outra operação da empresa, dessa vez a compra da startup Rapiddo, de entregas com motoboys chamados online.
As duas empresas já faziam parte do mesmo grupo. Ambas têm como principal acionista a desenvolvedora de aplicativos Movile. O iFood também tem como uma de suas sócias a britânica Just Eat.de São Paulo · August 2, 2018