ANP encontra 16 milhões de litros de combustível adulterado em tanques de Shell, Ipiranga e BR

Me dá um dinheiro aí
A Agência Nacional de Petróleo (ANP) aplicou uma multa de R$ 600 milhões à Petrobras. A estatal vai recorrer à Justiça. O pomo da discórdia é a chamada Participação Especial do petróleo, que é paga trimestralmente à União, aos estados e municípios produtores do petróleo.
Em tempo...
Ultimamente, cresce a choradeira dos municípios fluminenses e capixabas junto à ANP em relação a tal participação. Dizem que a grana não para de cair.
‘Até tu, Brutus’?
Aliás, a ANP interditou, ontem, tanques nas bases das distribuidoras Shell, Ipiranga e BR, que forneceram etanol adulterado com metanol, uma substância “altamente tóxica”.
Os agentes encontraram, ao todo, 16 milhões de litros de combustível adulterado nos tanques. Trata-se da maior apreensão da História.
Bomba de gasolina

Fonte: Anselmo Goes- O GLOBO