Um golpe sofisticado, conhecido como "golpe do motoboy", tem sido aplicado em clientes que têm limites altos no cartão de crédito.
Uma pessoa liga para o consumidor se dizendo funcionária da administradora e perguntando se ele fez uma determinada compra no cartão; o consumidor diz que não e o atendente afirma que o cartão dele foi clonado.


Depois de confirmar dados pessoais do cliente, como nome, número do cartão e até compras reais feitas no mesmo dia, o suposto funcionáriopede que ele digite a senha no telefone, corte o cartão ao e-mail e o entregue a um motoboy.



Depois que o motoboy passa na casa da vítima, o chip é retirado e colocado em um novo cartão, usado para fazer compras de milhares de reais.
O advogado especializado em direito bancário Alexandre Berthe diz que é a fraude mais bem elaborada que já conheceu, porque os criminosos parecem ter grande conhecimento da vida financeira do cliente.
Fonte: Band News Fluminense FM