Feira em São Paulo terá participação de Universidade Portuguesa

Via: Guia do Estudante

A décima segunda edição da Feira do Guia do Estudante tem uma novidade para o público deste ano: os interessados em graduações no exterior vão conhecer um pouco mais da Universidade Católica Portuguesa. Fundada em 1967 e estabelecida em quatro cidades diferentes de Portugal, a UCP é uma das instituições conveniadas com o Inep (Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) que aceitam a nota do Enem para o ingresso de alunos brasileiros em seus cursos.
Segundo dados do Inep divulgados em maio de 2018, mais de mil brasileiros já conseguiram entrar em faculdades de Portugal com notas do Enem desde 2014. Esse número só tende a crescer, já que a pesquisa considerou apenas 23 universidades parceiras (o número atual é de 34 instituições portuguesas conveniadas).
Com essa perspectiva positiva, os alunos e vestibulandos já podem considerar a Universidade Católica Portuguesa como uma escolha possível. Em conversa com a Profª Doutora Teresa Llyod Braga, Vice-Reitora para os Assuntos Acadêmicos e Educação Global da UCP, descobrimos um pouco mais sobre o que a faculdade vai apresentar para o público brasileiro.
“Vamos, sobretudo, mostrar todas as nossas opções de formação. Temos 42 cursos de graduação, 80 cursos de mestrado e 27 de doutorado, que abrangem várias áreas do conhecimento. Também falaremos um pouco da história e da estrutura da UCP, que fez 50 anos e está localizada em várias cidades: Lisboa,Porto, Braga e Viseu“, conta Teresa.
 (Universidade Católica Portuguesa/Divulgação)
 (Universidade Católica Portuguesa/Divulgação)
Entre os cursos oferecidos pela instituição, Psicologia, Direito, Enfermagem, Economia, Ciências da Comunicação e Bioengenharia são algumas das opções. Teresa completa: “nas várias áreas de estudo temos opções que se destacam com presença nos prestigiados rankings do Financial Times e Eduniversal. Cada uma tem suas especificidades, são um grande enriquecimento para quem estuda e uma excelente ferramenta de entrada no mercado de trabalho.”
Para ingressar na UCP, a Vice-Reitora explica: “os candidatos têm que ter o Ensino Médio completo e a nota do Enem. De acordo com a legislação portuguesa, quem tem dupla cidadania, sendo uma delas europeia, não pode se candidatar com o Enem. Esta regra aplica-se em todas as universidades de Portugal.”
Os preços anuais variam entre 3.255€ e 7.320€ e podem ser divididos em até dez vezes. Teresa reforça que, apesar de paga, a instituição não tem diferença no valor para alunos estrangeiros.
Com matérias optativas, aulas práticas e teóricas, a maioria dos cursos da UCP acontecem de manhã ou no período da tarde. Alunos que já estão no ensino superior no Brasil também podem pedir transferência ou fazer intercâmbio na instituição. Mas atenção: o ano acadêmico na Europa é dividido em 2 semestres: de setembro a janeiro (1º semestre) e de fevereiro a junho (2º semestre).
Para conhecer mais sobre a UCP e outras universidades de ensino superior, não perca a Feira do Guia do Estudante 2018, que acontece entre os dias 13 e 15 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.